Home » Notícias » Banco Central disponibiliza dados de crédito rural ao público pela internet

Banco Central disponibiliza dados de crédito rural ao público pela internet

Informações úteis à gestão da política de crédito rural no País estão disponíveis ao público pela Matriz de Dados do Crédito Rural, por meio do portal na internet do Banco Central do Brasil.

Os interessados podem ter acesso a um conjunto de informações do Crédito Rural, inclusive do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA).

banco_central_do_brasil_mdaEntre os dados disponibilizados estão: a evolução do crédito especializado ao longo do tempo, em moeda constante, os montantes financiados por fonte de recursos, por cultura ou por item financiado, por estado e município, bem como a área financiada, a produção esperada nos empreendimentos financiados e o montante de financiamentos por instituição financeira.

Os números são consolidados, a partir dos dados individuais das operações registrados no Sistema de Operações do Crédito Rural e do Proagro (Sicor) do Banco Central.

“O objetivo da matriz de dados é propiciar maior transparência sobre o crédito rural, por meio da disponibilização de informações agregadas aos vários interessados, tais como pesquisadores, jornalistas, responsáveis pela política agrícola do País e outros agentes de governo”, destaca o chefe do Departamento de Regulação, Supervisão e Controle das Operações do Crédito Rural e do Proagro (Derop) do Banco Central do Brasil, José Ângelo Mazzillo.

Os dados são atualizados no primeiro dia útil de cada mês. Há informações desde o início da década de 1980, mas tornaram-se mais completas a partir de 2013, com a entrada em operação do Sicor.

Exemplo

“No ano de 2014, foram realizadas 2,6 milhões de operações de crédito rural com o financiamento de mais de R$ 165 bilhões. No Pronaf, foram realizadas, no mesmo período, 1,8 milhão de operações de crédito para um valor financiado de cerca de R$ 24 bilhões”, exemplifica o diretor de Financiamento e Proteção à Produção da Secretaria da Agricultura Familiar do MDA, João Luiz Guadagnin.

Isso significa que os agricultores familiares que acessaram o Pronaf fizeram 70,26% do total das operações e contrataram 14,95% dos recursos.

Fonte: Banco Central do Brasil

Escrever uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*